Nesses últimos dias foi muito falado sobre o fim do mundo, que quase todo ano ou década ou centenário ou... só isso mesmo. Se repete a mesma história algum povo antigo deixa uma data gravada numa pedra, os Astecas vivem atormentados com o fim do Sol, a Batalha Nórdica, (Horas depois) A mitologia Grega, a Mitologia Chinesa... O que não falta é historias sobre o fim do mundo, vimos tudo passando e nada aconteceu, então me lembrei de uma historia chamada O menino Mentiroso, não sei se você já ouviu então vou contar. um certo pastorzinho que passava muito tempo, cuidando de suas ovelhas e entediado , ficava inventando maneiras de se divertir. Um dia, decidiu divertir-se às custas de alguns camponeses que trabalhavam perto dali e começou a gritar: Socorro! Socorro! Um lobo apareceu aqui!!! Todos os amigos correram para acudí-lo,

 ............................................................
............................................................. 

armados com suas enxadas e dispostos a defender o menino e o rebanho. Quando viram que tudo era mentira, ficaram muito zangados! Mas o menino achou tanta graça na brincadeira, que voltou a repetí-la e repetí-la e repetí-la. Por muitas vezes, os amigos abandonaram suas tarefas e vieram correndo para junto do rebanho. E outra vez, o menino rolou de rir, vendo as caras de susto dos amigos em disparada. Os amigos, mais zangados do que nunca, voltaram para o trabalho. Mas chegou um dia, em que o lobo apareceu de verdade e então, o menino soube o que era ter medo. Apavorado, correu chamar os amigos. Sem voz de tanto gritar : "SOCORRO" , "ME AJUDEM", o menino não sabia o que fazer para chamar a atenção dos amigos, que acostumados com tanta mentira, não lhe deram a menor confiança.
Lendo essa historia percebi que ano após ano a mentira é repetida e ano após ano vai perdendo credibilidade, Numa matéria de um site entrei num debate onde alguns queriam igualar a profecia bíblica com essa teoria pagã, que o fim do mundo pregado pelos crentes é mito, mais vamos aos fatos, primeiro não baseamos nossa expectativa de tal acontecimento em cálculos numéricos (Mesmo que alguns entre nós se aventure), pois biblicamente não são números que revelam o fim do mundo e sim sinais naturais, outro fato, somos proibidos de (biblicamente) estipularmos datas ou horas, pois isso não nos foi revelado, e não cabe a nós essa preocupação. Não cabe a nós pelo simples fato de que não é essa a preocupação do Cristão, se colocarmos o fim do mundo e sua consequências lado a lado com a volta de Cristo e suas consequências podemos retirar motivos reais para esperarmos a volta de Cristo e não o fim do mundo. Se o mundo acabasse hoje, e não existisse a fé de que Jesus é o salvador daqueles que nele esperam, logo não haveria vida após a morte, e se realmente acontecer o que os Cientistas mostram não haveria possibilidade de vida na terra, então o fim do mundo poderia ser uma preocupação sim, irremediável mais que logo após a morte, não haveria sentimento de perda pois nada existiria incluindo o intelecto e o sofrimento. Porém sendo verdade a afirmação bíblica do fim do mundo e a volta do Messias, o fim seria igual o citado acima, a terra seria destruída, mais não findaria o intelectual, a alma permanecerá viva num sofrimento eterno, o que a Bíblia se limita a dizer "Onde o bicho nunca morre e o fogo nunca apaga". No meio de tudo isso aparece uma porta de escape para esse trágico fim "A salvação". A salvação é a porta de escape desse enredo, que garante total proteção contra o fim do mundo e livra do "juízo final", que biblicamente é pior que o fim do mundo, pois se tudo findasse com o fim do mundo, não haveria sofrimento eterno pós morte, mais, numa realidade onde Deus existe o fim do mundo leva o homem para um Julgamento condenatório, onde o único escape só existe até a vinda do Messias, que acontece no arrebatamento da igreja, no dia e hora que ninguém sabe. Sendo assim o evento que realmente tem importância é o arrebatamento, e a preocupação não deve ser de sobreviver ao arrebatamento e sim de participar do arrebatamento. O Cristão não teme o fim do mundo pois outro melhor será lhe dado.
Por esse motivo é melhor para nosso adversário criar "fim do mundo falso", "profetas falsos" e liga-los a  Bíblia para tentar tirar a credibilidade, para quando o verdadeiro chamado seja feito o mundo esteja em duvida, cansado de tanta mentira. cumprindo assim a questão bíblica: "por ventura achará fé na terra?". Nessa brincadeira de fim do mundo, um dia o Messias voltará ai você saberá o que ter medo de verdade. O que o inimigo quer é tirar seu foco daquilo que realmente merece atenção, o arrebatamento dos salvos, isso sim deve ser esperado, para esse evento você deve está preparado, pois se você perder ele o fim não existirá, mais a condenação eterna.